Núcleo de Criação Artística 

 

Mônica Granndo

Mônica Granndo

      Diretora e atriz formada pela Universidade de Campinas/UNICAMP. Mestre em Comunicação e semiótica pela PUC–São Paulo.

     Em 2002, fundou A Companhia do Ator Careca e dirigiu, entre outros, os espetáculos: "Rosencrantz e Guildenstern Estão Mortos", de Tom Stoppard (2003/2004); "O Beijo" (2005) e "Fracasso" (2006/2007), ambas de Alberto Guiraldelli; "Algumas Vozes", de Joe Penhall (2008/2009); "Uma Questão de Tempo", dramaturgia de Alberto Guiraldelli (2012); e "Senti Um Vazio no começo quando o coração foi embora mas agora está tudo bem.", de Lucy Kirkwood (2013).

     Atuou nos espetáculos "Essa Moça (Ligando para Tom Waits, ainda acordado, em Istambul)", de Alberto Guiraldelli (2010/2012); e "Parlour Song –Tudo Está Desaparecendo", de Jez Butterworth, (2012) ambos com direção de Einat Falbel.

     Seu livro, "O gesto Vocal – A Comunicação e a Gestualidade Vocal no Teatro Contemporâneo" foi lançado pela Editora Perspectiva no segundo semestre de 2015.

Alberto Guiraldelli

Alberto Guiraldelli

      Dramaturgo, Tradutor e Ator, também formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). 

      Entre as peças de sua autoria estão "O Beijo”, em 2005; “Fracasso”, em 2006/2007; “Essa Moça (ligando para Tom Waits, ainda acordado, em Istambul)”, 2010/2012; e “Uma Questão de Tempo”, em 2012.

      Traduziu, entre outras, as peças:“Rosencrantz e Guildenstern Estão Mortos”, de Tom Stoppard,2003/2004; “Algumas Vozes”, de Joe Penhall, 2008/2009; “Parlour Song”, de Jez Butterworth, 2012; e “Senti um Vazio no começo quando o coração foi embora mas agora está tudo bem”, de Lucy Kirkwood, 2013.

       Além de atuar em todos os espetáculos aqui citados, atuou também em “Noite de Reis”, de William Shakespeare, com direção de Zé Henrique de Paula – 2002; "O Interrogatório" de Peter Weiss, espetáculo apresentado em festivais estaduais e nacionais, entre 2000 e 2002; e "O Deselogio da Vida", com textos de Lord Byron, Peter Weiss e Domingos Oliveira, adaptados e dirigidos por David Rock – 2000.

      Lançou em 2014 seu primeiro livro com os textos "Fracasso" e "Uma Questão de Tempo" pela editora Giostri.

Marcela Grandolpho

Marcela Grandolpho

     Atriz e Preparadora Vocal. Mestrado em Voz pela Central School of Speech and Drama, University of London – 2011; pós graduação pelo Instituto de Artes da UNESP – 2009. É, também, jornalista e historiadora formada pela USP.

     Em Londres exerceu a função de preparadora vocal nos espetáculos:  "OTHELO" – Swivel Theatre Company, 2011, dir. Dyian Zora; e "ALICE" - Minack Theatre, 2011, dir. Gareth White. Realizou diversos cursos de aperfeiçoamento em teatro físico e voz tanto na Europa quanto nos Estados Unidos; entre eles, estudou com Eugênio Barba e Odin Teatret na Dinamarca e no Workcenter Jerzy Grotowsky em Pontedera. 

     Atuou nos espetáculos da Companhia do Ator Careca: "Fracasso"; "Algumas Vozes"; "Parlour Song – Tudo está Desaparecendo"; e "Senti Um Vazio no começo quando o coração foi embora mas agora está tudo bem". Atuou ainda em Outra Sina De Existir – Cia Gyrokaus, 2009, dir. Eduardo de Paula; e Tudo No Timing, de David Yves, 2007,  dir. Paulo Caruso.

     Seu livro, "A Incorporação Vocal do Texto: Técnicas Psicofísicas para Transformar Texto em Ação" será lançado pela Editora Perspectiva no segundo semestre de 2014.

Fábio Jerônimo

Fábio Jerônimo

Cenógrafo, cenotécnico e diretor de palco do Teatro Escola Macunaíma. Responsável por todos os cenários da Companhia do Ator Careca desde 2002. Entre seu trabalhos estão: "Volta ao mundo em 80 dias", de Júlio Verne, adaptação e direção Dario Uzam (2012); "Bang Bang você morreu", de William Mastrosimone, Direção de David Rock (2011); "O Novelo", de Nanna de Castro, Direção de Zé Henrique de Paula, 2010. "O Grande Cerimonial", de Fernando Arrabal, Direção de Reginaldo Nascimento, 2010. Resposável pela montagem da Exposição Street Art- um Panorama Urbano, junto ao projeto Caixa Cultural.

Reinaldo Guiraldelli

Reinaldo Guiraldelli

   Compositor erudito e popular. Formou-se em Composição e Regência com o Maestro Marcus A. Carvalho. Entre seus trabalhos em música erudita estão: Arranjo para Coro e Orquestra sobre coral do compositor Mario Castelnuovo Tedesco, apresentado no MASP, 1992; “Trio para Piano, Violino e Contralto” sobre poema de Mário de Andrade, em 1994. Entre 2000 e 2012 criou trilha sonora original para todos os espetáculos da Companhia do Ator Careca. 

Jaques Bento

Jaques Bento

      Ator. Atuou sob direção de Mônica Grando em "Rosencrantz e Guildenstern estão Mortos", de Tom Stoppard (2003/2004); "Fracasso", de Alberto Guiraldelli (2006/2007); "Algumas Vozes", de Joe Penhall (2008/2009). Em "Parlour Song - Tudo Está Desaparecendo", de Jez Butterworth (2012), foi dirigido por Einat Falbel.

     Atuou também em “Noite de Reis”, de William Shakespeare, com direção de Zé Henrique de Paula – 2002/2003.